Poesia: RESET


RESET


V

Numa taça de vinho hidrato minhas lembranças

E desidrato minha dor

Por todas essas minhas andanças

Tive muitos espinhos, rosas e campos de flor

Mas um recomeço minha vida alcança


IV

Recomeçar é voltar pro casulo

Recuperar as cores das asas

É torna-se nulo

Para então ter-se de novo em águas calmas e rasas


III

Nesse leito de água doce olho as estrelas no céu

E começa a desenhar o novo eu

Peço a lua um novo pincéu


II

Um pincéu com penas de fênix

Que estava guardado na caixa de Pandora


I

E desenho a silhueta de um novo ser


PS: Peço desculpas aos queridos leitores por estar postando somente meus poemas ultimamente. Me perdoem, mas o momento pede!


SOUNDTRACK: d-_-b *Luz dos olhos* {Cássia Eller}

2 comentários:

  kind1967

5 de julho de 2008 15:06

Boa tarde! como amante de poesias posso garantir a vcs que o Fbaze é um grande escritor! parabenizo e de anti-mão confesso= imprimi!
muito linda, rica!
abraços
@driana.

  berenice

6 de julho de 2008 22:07

Lindo isso, demais!
Também confesso, copiei. Mas prometo não usá-lo sem os devidos créditos.

Mais uma vez parabéns pelo blog muito bonito e poemas de belíssimo gosto.

Abraços.
Berenice