Tributo a Love in Sampa

“Li.. Li e reli

Uma incisão com um objeto perfuro-cortante

Poderia ser em Belém, em Paris ou Assunção

Tudo estaria ali do mesmo jeito... o gato, a mala, as luzes, as flores...

O sentimento seria o mesmo... a perda é a mesma, a mesma ilusão...

Acho que esquecer é como exercitar um músculo

É plantar uma erva daninha num jardim... pra ver se as flores morrem...

Por que não arranca-las então?

É mais fácil...

O problema na verdade são as borboletas de Mário Quintana

Em que flores elas vão pousar?”

(TRIBUTO A LOVE IN SAMPA)..

1 comentários:

  Transplante de Cabelo

4 de abril de 2008 02:50

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Transplante de Cabelo, I hope you enjoy. The address is http://transplante-de-cabelo.blogspot.com. A hug.